F123 inicia testes de software que torna sites acessíveis

Na categoria F123 por em 28/07/2015
CURITIBA, PR- 27 AGOSTO: O sociologo Fernando Botelho posa para foto no centro de Curitiba, no Parana, em 27 de agosto de 2012. Fernando criou o F123,  uma ONG que desenvolve softwares livres para permitir o acesso a informatica para pessoas com baixa visao ou cegos. (FotoNa Lata)

Foto: Na Lata

O software gratuito F123 Access, que facilita o acesso de pessoas cegas ou com baixa visão a diversos sites, incluindo Facebook, YouTube e Whatsapp para computadores, está em fase final de testes.

Pessoas com deficiência visual podem participar desta etapa e contribuir para o aperfeiçoamento da ferramenta. As solicitações devem ser feitas pelo e-mail acessoF123@F123.org

Desenvolvido para melhorar a experiência da pessoa com deficiência visual na internet, o F123 Access funciona com o Firefox para quem usa leitores de tela como Jaws, NVDA, Orca, VoiceOver e Window Eyes.

Cleverton Luis de Barros, técnico em informática com baixa visão, já está usando o F123 Access no trabalho com bons resultados. “Estou conseguindo identificar elementos que antes tinha dificuldade e que são necessários na minha atividade”, conta.

Saiba mais aqui

Nem 23 cirurgias impedem João Carlos Martins de ensinar jovens a colocar a alma nas suas notas musicais

Na categoria Geração E por em 23/07/2015

Fernando Mucci-Platinum/Photoimagem/Divulgação

“Quero mostrar que o som que essa nova geração tem que conseguir do piano é um som em que se coloca a alma em cada nota. Isso que me faz, com 2 ou 3 dedos, continuar tocando.”

Leia a íntegra da entrevista com João Carlos Martins, um dos melhores pianistas do mundo e que passou por 23 cirurgias para recuperar o movimento das mãos, no Geração E, projeto da QSocial no Catraca Livre que conta histórias de pessoas com mais de 60 anos que são inspiração para outras de qualquer idade.

 

Cortina com espinhos é opção para reduzir consumo de água

Na categoria Notícias por em 22/07/2015

Elisabeth-Buecher-1024x573

Demorar demais no banho pode ser uma experiência espinhosa. Essa é a ideia da designer inglesa Elisabeth Buecher, que criou um sistema fashion para lembrar que está hora de se secar. As cortinas são cobertas de espinhos de plástico, que inflam após quatro minutos com a torneira ligada.

Leia mais o Quem Inova, que traz reportagens da QSocial sobre tecnologias socioambientais para melhorar o mundo.

 

Startup quer recolocar no mercado profissionais com mais de 50 anos de idade

Na categoria Geração E por em 14/07/2015

Maturi

De olho no potencial profissional da terceira idade, a startup MaturiJobs chega com a meta de recolocar no mercado quem tem mais de 50 anos, valorizando suas habilidades e experiências.

Leia a reportagem da QSocial na editoria GeraçãoE, no Catraca Livre.

 

Tecendo Saberes ganha a mídia

Na categoria Tecendo Saberes por em 10/07/2015

GloboReportagens para site, conteúdo e gestão de mídias sociais, newsletter e release fizeram parte da estratégia de comunicação que a QSocial desenvolveu para o Tecendo Saberes, projeto da artista multimídia e palestrante Marie Ange Bordas, que tem como produto final o “Manual das Crianças do Baixo Amazonas”, no Pará, e o “Manual das Crianças Huni Kuĩ”, no Acre.

Finalizamos neste mês o trabalho com a comunicação do evento “Tecendo Saberes das Crianças do Norte”, que em julho espalha a sabedoria e o imaginário das crianças do Norte pelas bibliotecas de São Paulo. Entre os resultados conquistados estão reportagens no Bom Dia SP (Globo), Folha de S.Paulo, rádio CBN e G1.

 

Heróis telefonam para crianças com câncer

Na categoria Quem Inova por em 03/07/2015

graacc-3Os telefones do pronto-socorro e da enfermaria do Hospital do Graacc têm tocado. As crianças atendem e, do outro lado da linha, está o personagem de desenho animado preferido dela, como Ben 10 ou Florzinha, das Meninas Superpoderosas.

Conheça a ação que leva humanização ao tratamento, desenvolvida pela Ogilvy Brasil com apoio do Cartoon Network, no Quem Inova, que traz reportagens da QSocial sobre inovações sociais.

F123 traz reportagem sobre tablet tátil para cegos

Na categoria Notícias por em 02/07/2015

tablet tátilPara tornar o tablet acessível para pessoas com deficiência visual, uma empresa austríaca desenvolveu uma tecnologia tátil. Pequenas bolhas tornam acessível a leitura de textos e imagens pelo toque.

Leia a reportagem feita pela QSocial sobre essa inovação no site do F123, negócio social que promove inclusão de pessoas com deficiência visual por meio da tecnologia.

Outdoors viram sacos de papel, que viram cabides

Na categoria Transformar por em 30/06/2015

papelNa França, outdoors de campanha de alimentos orgânicos viram sacos de papel.

Na Índia, designers criam cabides a partir de sacos de papel.

Leia as duas reportagens da QSocial no Transformar, editoria do Catraca Livre que traz inovações com o uso do papel.

 

Autoexame no celular detecta diabetes

Na categoria Quem Inova por em 26/06/2015

Dispositivo-dobrado-1Coletar amostra da própria urina, colocá-la em uma folha de papel com reagentes e obter pelo celular o diagnóstico e o monitoramento do diabetes. No Instituto de Química de São Carlos, Giorgio Gianini Morbioli aprimorou os estudos das funcionalidades dos chamados dispositivos microfluídicos.

O foco inicial da pesquisa foi a detecção da glicose na urina, proporcionando um exame de baixo custo para o diabetes. “Mas é possível diagnosticar outras doenças com esse método, como nefrite, periodontite e câncer de próstata, modificando os reagentes adicionados”, ressalta o químico.

Leia a reportagem da QSocial no Quem Inova, que traz tecnologias sociais para melhorar o mundo.

 

Instituição que une crianças a idosos é tema de documentário

Na categoria Geração E por em 19/06/2015

interg

No Centro de Aprendizado Intergeracional do Providence Mount St. Vincent, em Seattle, nos EUA, funciona um lar para idosos e, também, uma pré-escola. A relação entre as gerações virou filme a partir das mãos da cineasta Evan Briggs.

Clique aqui e saiba mais sobre os resultados dessa experiência no GeraçãoE, projeto da QSocial e do Catraca Livre que traz diariamente histórias de pessoas com mais de 60 anos que são inspiração para outras de qualquer idade.